O JOGO

Unimed passa pelo Sport e tem melhor índice da Liga

Com 25 pontos, Clarissa foi a cestinha na vitória sobre o Sport

Com 25 pontos, Clarissa foi a cestinha na vitória sobre o Sport

Zaramelo Jr.

O Jogo | 2015, 23 de fevereiro

Comandada pelas pivôs Clarissa Santos, Gil Justino e Damiris Dantas, principais cestinhas do jogo, a ADCF Unimed derrotou o Sport Recife por 98 a 62 (48 a 35 no primeiro tempo), na noite desta segunda-feira (23), no Ginásio de Esportes Mario Antonucci, no complexo do Centro Cívico, pelo segundo turno da primeira fase da Liga Nacional.

Com 27 pontos em 14 jogos (13 vitórias e apenas uma derrota), a ADCF Unimed tem o melhor índice de aproveitamento do campeonato (96,4%), à frente do América-PE, que aparece com 28 pontos em 15 partidas (13 vitórias e duas derrotas) e índice de 93,3%.

A ADCF Unimed foi superior ao Sport durante todo o jogo de hoje. A equipe de Americana venceu o primeiro quarto por 25 a 17, o segundo por 23 a 18, o terceiro com pouco mais de equilíbrio por 18 a 17 e disparou no último com a parcial de 32 a 10.

Os destaques da ADCF Unimed foram as pivôs Clarissa Santos (25 pontos, 9 rebotes e 3 assistências), Gil Justino (17 pontos e 7 rebotes) e Damiris Dantas (17 pontos e 5 rebotes).

Na sequência da Liga Nacional, a ADCF Unimed faz duas partidas fora de Americana: sábado (28) contra Brasília, às 11 horas, no Distrito Federal, e segunda-feira (2) contra Maranhão, às 20 horas, em São Luís.

No intervalo de Unimed x Sport Recife, houve a promoção de arremessos entre os torcedores. Na segunda série, o industriário Márcio Justi, 32 anos, morador no bairro Jardim Brasil, em Americana, fez a cesta e recebeu como prêmio um aparelho de telefone celular, oferta da Unicred Bandeirante, que é uma das empresas parceiras do basquete da ADCF. A entrega ao ganhador foi feita por Eliana Silva, da área de Marketing da Unicred. “Venho em todos os jogos e sou fã da Karla, Ariadna e Clarissa”, disse Justi.

Eliana Silva, da Unicred, e o torcedor Márcio Justi (F: Wado Pellizoni)

Eliana Silva, da Unicred, e o torcedor Márcio Justi (F: Wado Pellizoni)