O JOGO

Unimed enfrenta Brasília, hoje; e Jaraguá, 3ª, no CC

Vendramini vê jogadoras da Unimed motivadas para sequência da Liga

Vendramini vê jogadoras motivadas para sequência da Liga

Após a folga para as festas de Natal e Réveillon, a Liga Nacional de Basquete foi retomada esta semana e a Unimed faz dois jogos no Ginásio Mario Antonucci, no complexo poliesportivo do Centro Cívico. Com 100% de aproveitamento após três rodadas (vitórias sobre Barretos, Santo André e Maranhão), a equipe do técnico Antônio Carlos Vendramini enfrenta Brasília, hoje (9), e Jaraguá, terça-feira (13), em partidas marcadas para as 20 horas.

Em seguida, a Unimed terá maratona de cinco jogos longe dos olhos da sua torcida. Na próxima semana, o time de Americana vai a Recife para jogar contra o Sport, sexta-feira (19), às 20 horas, e o América, domingo (18), às 11 horas. Na volta a São Paulo, serão percorridos centenas de quilômetros em três regiões distintas para mais três partidas.

Inicialmente, a Unimed joga em Presidente Venceslau no dia 23; depois, no dia 28, vai a São José dos Campos; e, finalmente, no dia 2 de fevereiro entra em quadra em Barretos. A “volta ao lar” está marcada para o dia 7, quando o time recebe Santo André.

Na 1ª fase da Liga, os 10 times jogam entre si, em turno e returno, com os oito melhores avançando às quartas-de-final, que terá confrontos no cruzamento olímpico: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º. Os vencedores vão às semifinais, para que sejam apontados aqueles que decidirão o título da temporada 2014/2015.

O técnico Antônio Carlos Vendramini disse que as jogadoras da Unimed estão bastante motivadas para a sequência da Liga Nacional. “Temos feito trabalho diferenciado e individualizado, tanto na parte física como em termos de fundamentos. Essa metodologia alcança melhores resultados e dá mais motivação às atletas, pois sai da rotina. Em poucos dias, já pudemos observar que as meninas estão bem motivadas e interessadas”, afirmou Vendramini ao O Jogo.

“De modo geral, a condição física das nossas jogadoras é boa, dentro do esperado. Evidente que é necessário o crescimento conforme o campeonato for afunilando e já estamos trabalhando neste sentido com atividades bem diversificadas”, comentou o preparador físico Vita Haddad.

Em 2014, Vita passou dois meses (outubro e novembro) estagiando na Universidade de Utah, nos Estados Unidos. “Estou implantando no nosso trabalho algumas coisas que trouxe de lá e que, sem dúvida, serão importantes na parte física das nossas jogadoras”, acrescentou.

Zaramelo Jr.

O Jogo | 9 janeiro 2015