O JOGO

Unimed empata série e mantem as chances do tri da Liga

Por Zaramelo Jr.

O Jogo | 2015, 25 de abril

As armadoras Babi e Adrianinha durante o jogo no Centro Cívico

As armadoras Babi e Adrianinha durante o jogo no Centro Cívico

Com apoio intenso da torcida, que lotou o Ginásio de Esportes Mario Antonucci, no complexo do Centro Cívico, a ADCF Unimed venceu o América-PE por 78 a 73 (parcial de 38 a 34), na manhã deste sábado (25), no segundo jogo do playoff final da LBF (Liga de Basquete Feminino). A equipe de Americana empatou a série melhor de 3 e manteve as chances de conquistar o tricampeonato nacional – já foi campeã nas temporadas 2011/12 e 2013/14.

As equipes voltam a se enfrentar segunda-feira (27), às 18h30, novamente no Centro Cívico, já que a ADCF Unimed tem direito de decidir em casa em razão da melhor campanha ao longo de todo o campeonato. O ganhador fica com o título da temporada 2014/15.

Veja galeria de fotos

A partida de hoje foi marcada pela disputa em alto nível e pela emoção nos instantes finais. A ADCF Unimed manteve-se à frente do placar a maior parte do jogo e chegou a abrir 12 pontos de vantagem no primeiro tempo. O América recuperou-se e a 2 minutos do final do terceiro quarto passou pela primeira vez à frente, indo para o último período com a vantagem de 54 a 53.

A ADCF Unimed reassumiu a ponta logo no início do quarto final. O período foi eletrizante, com vantagem mínima no placar. Nos instantes finais, uma cesta de 3 pontos da lateral Palmira Marçal selou a vitória da equipe de Americana, para delírio dos torcedores.

A jogadora mais efetiva da ADCF Unimed foi a pivô Clarissa Santos, com 18 pontos, 14 rebotes e 6 assistências. Também tiveram números expressivos a lateral Ariadna Felipe (17 pontos e 4 assistências) e a pivô Damiris Dantas (13 pontos e 7 rebotes). O técnico Antônio Carlos Vendramini ressaltou a força do jogo coletivo de sua equipe.