O JOGO

Tite Santo André é bicampeão do Pé de Chumbo

Tite festeja conquista do título do Pé de Chumbo em Nova Odessa

Tite festeja conquista do título do Pé de Chumbo em Nova Odessa

A 13ª temporada da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo chegou ao final e o piloto Felipe Santo André, o Tite, sagrou-se bicampeão do campeonato que reúne empresários e profissionais liberais. A última etapa do ano foi realizada no kartódromo de Nova Odessa, na manhã do dia 8 de dezembro, e Tite repetiu o feito de 2016, quando conquistou o título pela primeira vez.

Pole-position, Tite ganhou a primeira corrida de ponta a ponta, fechando as 17 voltas em 16m12s191, vantagem de quase 7,4s para Patrik Camargo Neves, que foi o segundo colocado. Na segunda corrida, com a inversão de grid entre os oito primeiros, Tite largou na quarta fila e fez uma prova estratégica, sem correr riscos, cruzando em terceiro lugar, resultado mais do que suficiente para conquistar o campeonato – a vitória na bateria foi de Théo Pioli Trevisani, que fechou a temporada como vice-campeão.

“Ao mesmo tempo que foi um ano difícil, também foi muito positivo. Me dediquei bastante ao kart durante toda a temporada e estou feliz demais pelo título. Já havia decidido parar em 2019 e fechar o ciclo com vitória é emocionante. O Pé de Chumbo é uma família e fazer parte dela é um privilégio e tanto. Tenho certeza que um dia estarei de volta”, disse o bicampeão, ao final da etapa, com lágrimas nos olhos e muito emocionado.

“Não tenho do que reclamar. O título está em boas mãos, pois o Tite andou muito durante o ano todo. Estou contente com o vice-campeonato e agora é pensar na próxima temporada. O mais importante é estarmos todos juntos, dentro e fora das pistas, neste laço de amizade que envolve o Pé de Chumbo”, falou Théo.

Após 10 etapas, todas com rodadas duplas, Tite Santo André totalizou 461 pontos contra 452 de Théo Trevisani. O Top 5 foi completado por Rogério Pompermayer, terceiro colocado com 402 pontos; Giovanni Pamfílio, quarto com 389; e Douglas Pitoli, quinto com 381.

Na classe Light do Pé de Chumbo, espécie de divisão de acesso, o campeão de 2018 foi Oswaldo Delfin Nogueira (Oswaldinho), que somou 268 pontos. William Saura, com 255 pontos, ficou com o vice-campeonato. Mayckon Mota (terceiro colocado com 229 pontos),  Alexandre Bassora (quarto com 200) e  André Luiz Gonçalves (quinto com 173) completaram o Top 5.

Durante a temporada 2018, a Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo passou por kartódromos de São Paulo (Paulínia, Limeira, Araraquara e Nova Odessa), Minas Gerais (Vespasiano) e Santa Catarina (Beto Carrero). No total, o grid teve 27 pilotos ao longo do ano.

Para 2019, o presidente do Pé de Chumbo, Marcelo Marusso, já confirmou que o campeonato terá 28 pilotos e que a abertura será no dia 16 de março. A novidade será a disputa também por equipes – serão formados sete conjuntos com quatro pilotos cada -, que levarão os nomes dos patrocionadores do campeonato.

“2018 foi mais um ano bastante positivo para o Pé de Chumbo e nossa expectativa é ainda mais otimista para 2019. Teremos as disputas por pilotos e por equipes e estamos analisando algumas mudanças no regulamento para que o campeonato fique ainda mais equilibrado”, comentou Marusso.

A temporada 2018 do Pé de Chumbo teve patrocínio de: Sópneus, Goodyear, Aqualux, Sanfarma, Newcoates, Helpmovel, Fast One, Colégio Objetivo e Tatu Shopping Frutas; e apoio de: Jornal O Jogo, RB3 Preparação, Grupo Liberal, Audaz e RKM Transportes.

Tite sagrou-se bicampeão e agora para na temporada 2019

Tite sagrou-se bicampeão e agora para na temporada 2019