O JOGO

Théo Trevisani vence na abertura do Pé de Chumbo

Théo (27) no momento em que ultrapassa Rafael (19) para ganhar a corrida

Théo (27) no momento em que ultrapassa Rafael (19) para ganhar a corrida

Campeão de 2019, Théo Pioli Trevisani venceu a etapa de abertura da 15ª temporada do Pé de Chumbo – Copa Sópneus Goodyear de Kart 2020 -, sábado (8), em Paulínia. Com o primeiro lugar na primeira bateria e o terceiro na segunda, o piloto #27 fechou a rodada com 60 pontos, um a mais que Rafael Contatto, que foi o segundo colocado nas duas corridas.

Além de Théo e Rafael, o pódio da categoria Pró no Kartódromo San Marino ainda teve Douglas Pitoli, em terceiro lugar com 56 pontos; Rogério Pompermayer, em quarto com 55; e Giovanni Pamfílio, em quinto também com 55.

Na Light (divisão de acesso), o vencedor foi Paulo Rosa, que somou 39 pontos com o 12º lugar nas duas baterias do dia – as duas categorias do Pé de Chumbo formam grid único, mas têm pontuação específica.

Em segundo lugar, com 33 pontos, ficou Mayckon Mota, seguido por Oswaldinho Nogueira, terceiro com 27; Ivan Dantas, quarto com 26; e  Carlos Barbosa, quinto com 25. A segunda etapa do Pé de Chumbo será em Araraquara, no dia 21 de março.

CORRIDAS

Mais rápido no treino classificatório, Rafael Contatto largou na pole position na corrida que abriu a programação do Pé de Chumbo em Paulínia. Sem cometer erros, manteve-se à frente até a penúltima volta, quando, na reta principal, foi ultrapassado por Théo Trevisani, que saiu na primeira fila com o segundo melhor tempo na tomada que definiu o grid.

Após a ultrapassagem em alto estilo, Théo recebeu a bandeira quadriculada da vitória ao completar as 20 voltas em 13m32s943, vantagem de apenas 0s469 para Rafael. Rogério Pompermayer (a 4s792 do líder), Giovanni Pamfílio (a 5s175) e Patrik Camargo Neves (a 5s891) vieram na sequência.

Na segunda corrida, com grid invertido entre os oito primeiros da prova anterior, o pole foi Carlinhos Carrion, com Marcel Torina ao seu lado na primeira fila. Antes mesmo de ser fechada a primeira passagem, Douglas Pitoli, que largou em terceiro, pulou para a ponta e ali ficou até completar as 18 voltas em 12m19s197.

No vácuo de Pitoli chegaram Rafael Contatto (a 0s202) e Théo Trevisani (a 0s344), que saíram da quarta fila, fizeram uma série de  ultrapassagens e terminaram na segunda e na terceira posições, respectivamemte. Giovanni Pamfílio (a 1s876) e Rogério Pompermayer (a 2s106) também apareceram entre os cinco nesta bateria.

O ponto de bonificação pela melhor volta da rodada ficou para Patrik Neves, que marcou 40s042 na última passagem da primeira bateria.

Por Equipes, a vitória no San Marino foi da Luchini Móveis Planejados, que totalizou 120 pontos com Patrik Neves (52 pontos), Carlinhos Carrion (48) e Fábio Santarosa (20). Os 30 pilotos estão divididos em 10 times, que levam os nomes dos patrocinadores do campeonato.

PARCEIROS

A 15ª temporada do Pé de Chumbo tem patrocínio de Sópneus, Goodyear, Tatu Shopping Frutas, Jura Som, Meta Materiais Elétricos, Comfer Materiais de Construção, Luchini Móveis Planejados, Twisy Travel, Garage 48, Newcoates, Ecomaster, Posto Palmas de Ouro, Jundiá Sorvetes, Óculos HB, Astor Brindes Corporativos, Eraldo Tintas, Medon Seguros, J&B Soluções em Tecnologia, Beppo, 5asec e JR8 Imports.