O JOGO

The Ultimate Challenge mostra a força do crossfit

Os organizadores  do Ultimate: Guilherme Andrello e Rafael de Barros

Os organizadores do Ultimate: Guilherme Andrello e Rafael de Barros

A segunda edição do The Ultimate Challenge, que aconteceu no Ginásio de Esportes Professor Roberto Polatti, no Antonio Zanaga, mostrou a força do crossfit. Com mais de 300 atletas de 55 academias de cidades de São Paulo e Minas Gerais, a competição organizada pelo Rovers Crossfit superou as expectativas e recebeu elogios.

“Sou muito autocrítico em relação às minhas coisas e não tenho nenhuma dúvida que esta edição do The Ultimate Challenge foi bem acima do que imaginávamos, superando todas as expectativas. Tivemos grandes atletas competindo, alguns de nível top no Brasil. O feedback que recebemos dos participantes foi totalmente positivo”, disse o organizador Rafael de Barros.

Clique aqui e veja galeria de fotos by Travon Publicidade

“Todo mundo curtiu demais. Pessoal elogiou bastante, principalmente porque os horários das baterias foram mantidos conforme a programação que divulgamos. Não tivemos nenhuma ocorrência médica. E a energia foi contagiante, tanto de atletas, como dos organizadores, do staff e da torcida. Valeu muito”, acrescentou Barros.

“Desde o início, pensamos em fazer wods propícios para cada categoria, levando em conta a técnica, as cargas e a competência cardiopulmonar. As provas foram bem diversificadas em estilo e metodologia para desafiar a galera”, explicou o coach Guilherme Andrello, responsável pela parte de competição do The Ultimate Challenge.

“Um aspecto legal é que muitas vezes as provas levaram os trios e as duplas à criação de estratégias, mexendo com a competência mental dos participantes. Também foi emocionante na prova final ver os atletas que ficaram para trás na carga tirando o atraso na ginástica”, ressaltou Andrello.

CAMPEÕES

Na Iniciantes, os campeões do 2º The Ultimate Challenge foram Marcelo Carvalho, Leonardo Santos e Lucas Carvalho, da Nitrofit de Santa Bárbara d´Oeste, com 520 pontos; e Ana Carolina de Lima, Aline Fiorelli Pereira Ribeiro e Ana Júlia Denardi, do CT Triax, de Cosmópolis, com 522 pontos.

No Scaled (intermediário), os vencedores em Americana foram Bruno Montanha Pariz, Lucas Conde Martins e Jader da Silva Pereira, do Crossfit Range, de São Bernardo do Campo, com 526 pontos; e Carol Mello, Emille Caroline de Carvalho e Hezther Baptista, do Crossfit DUF, de Campinas, com 562 pontos.

E no RX (avançado), o título ficou para João Vitor Aquino e Lucas Geron, do Crossfit Franca, com 674 pontos; e Bruna Carolyne Fernandes e Bruna de Lemos, do QG Crossfit, de São José do Rio Preto, com 584 pontos. Nesta categoria, foi distribuída pemiação em dinheiro de R$ 3 mil às duplas que ficaram nas três primeiras colocações, tanto no masculino como no feminino.