O JOGO

Sega Open registra recorde de jogadores no Circuito

Bibi Campana é o número 1 da categoria B no ranking do Circuito

Bibi Campana é o número 1 da categoria B no ranking do Circuito

O Sega Open de Raquetinha, que começou ontem (22) e vai até domingo (25), nas quatro quadras de saibro da academia ATC (Americana Tennis Center), registrou recorde de jogadores inscritos. De acordo com Joel Olla Junior, um dos responsáveis pela organização, 160 duplas estão participando do torneio. O número supera a rodada na Winner Academia, de Santa Bárbara d´Oeste, que recebeu 150 duplas no mês passado.

Válido pela sétima etapa do Circuito Aberto de Raquetinha, o torneio na ATC traz como novidade a estreia de Adriano Ferreira, que é de Bebedouro e mora em Ribeirão Preto. Ele vai formar parceria com Henrique Mello, o Mindu, de Campinas, um dos maiores vencedores da modalidade.

Ferreira foi tenista profissional e traz no currículo uma vitória sobre Gustavo Kuerten, o Guga, em abril de 1998, em torneio na Sociedade Harmonia de Tênis, em São Paulo. Na época, Guga era o 10º colocado no ranking da ATP e Ferreira, o 322º – mais tarde, o bebedourense chegou a ser número 146 do mundo.

Outra dupla forte para a elite do Sega Open é formada por Henrique Pinto e Silva, o Cabeça, de São Paulo, e Gabriel Pitta, de Mogi Guaçu – os dois são bastante conhecidos nos torneios de raquetinha.

Na categoria A 45+, os destaques são Alexandre Hocevar, de São Paulo, Marcelo Campos, de Campinas, e os americanenses Rafael D´Agostini e Fred Faé.

Na categoria B, a dupla com melhor ranqueamento é formada por Gabriel Campana, o Bibi, número 1 do ranking, e Robson Ferro, o Robão, número 3, ambos de Americana.

Com R$ 5 mil em premiação, o torneio movimenta jogadores em 12 categorias: A, A 45+, B, C, D, Feminino A, Feminino B, Feminino C, Iniciante, Mista A, Mista B e Mista C. O sistema de disputa é de eliminatória simples.

A programação de jogos desta sexta-feira (23) tem início às 15h30, enquanto amanhã (24) e domingo (25) as duplas vão às quadras a partir das 8 horas. O público pode acompanhar gratuitamente as rodadas no complexo ATC, que fica na marginal da Via Anhanguera, com entrada pelo km 126, logo após o Viaduto Waldemar Tebaldi, no sentido capital-interior.