O JOGO

Rufino espera continuar no Top 5 do SuperBike Series

Rufino teve temporada positiva em 2014 (F: Felipe Duran, fduran.fot.br

Rufino teve temporada positiva em 2014 (F: Felipe Duran, fduran.fot.br)

Quarto colocado da Copa Kawasaki Ninja 300 Pró no ano passado, o piloto Rodne Rufino, 47 anos, de Americana, espera manter o ritmo na temporada 2015 e seguir no Top 5 de uma das principais categorias do SuperBike Series. “Vou ter mais dificuldade, pois está subindo uma galera forte da Light, mas em contrapartida vou começar o campeonato melhor estruturado do que 2014. Espero repetir a performance e ficar entre os cinco melhores, o que já é um grande resultado”, disse.

Na temporada passada, após oito etapas, Rufino totalizou 95 pontos e ficou em quarto lugar entre os 26 pilotos participantes da Copa Kawasaki Ninja 300 Pró. Ele só foi superado por Gustavo Carreira Gil, campeão com 154 pontos; André Gama, vice com 136; e Carlos Pássaro, terceiro com 120. “Foi um ano de enorme aprendizado. Não é fácil andar com pilotos bem mais jovens e leves”, salientou o americanense.

Se em 2014 Rufino só teve equipamento preparado a partir da quarta etapa, agora em 2015 a situação é bem diferente. Sua moto já está sob cuidados da equipe Duende e Senra Racing, responsável pela preparação.

O calendário da nova temporada ainda não foi divulgado oficialmente pelos organizadores, mas a expectativa de Rodne Rufino é que a abertura seja em março ou abril. No total, serão novamente oito etapas, a maioria delas em São Paulo e Goiânia.

Enquanto espera o início do SuperBike Series, o piloto americanense busca parcerias com a iniciativa privada para cobrir os custos do campeonato, que giram entre R$ 16 mil e R$ 20 mil por temporada. “Estou correndo atrás para ver se consigo fechar alguns patrocínios. Espero que o bom desempenho que tive em 2014 possa abrir portas”, finalizou.

Zaramelo Jr.

O Jogo | 10 janeiro 2015