O JOGO

Rafa vence em Paulínia e Pitoli assume liderança do PDC

Rafael Contatto foi o campeão da etapa do PDC no San Marino

Rafael Contatto foi o campeão da etapa do PDC no San Marino

PDC_seloA sétima etapa da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo, realizada no Kartódromo San Marino, na manhã de sábado [23], teve vitória de Rafael Contatto, o Rafa, que confirmou a fama de andar bem na pista de Paulínia. Ganhador da primeira corrida do dia e quarto colocado na segunda, ele totalizou 45 pontos, um a mais que Douglas Pitoli, que ficou em segundo lugar, e três mais que Theo Pioli Trevisani, que fechou em terceiro.

“Treinei bastante nesta semana e também na semana passada. Consegui fazer nas corridas o que fiz nos treinos e tive cabeça para administrar o resultado”, comentou o campeão em Paulínia.

Mais rápido na tomada de tempos, Rafa garantiu a pole position, tendo ao lado, na primeira fila, seu tio Marcelo. Na largada, o ponteiro conseguiu manter a posição, enquanto Marcelo enroscou-se com Carlinhos Carrion na primeira curva e ficou para trás.

Quem aproveitou-se da situação foi Theo Trevisani, que fez sua melhor corrida da temporada e saltou da quinta para a segunda posição. Rafa não cometeu um erro sequer durante as 24 voltas e recebeu a bandeira quadriculada da vitória com tempo de 18m53s631, vantagem de 2s981 para Theo e de 3s135 para Pitoli. De quebra, o ganhador ainda cravou a volta mais rápida: 46s497 na 22ª passagem.

Na segunda corrida, com inversão de grid entre os oito primeiros da prova anterior, o pole position foi Nino Rigue, com Rogério Pompermayer ao seu lado. Nino até que largou bem, mas logo foi superado por Pompermayer e Pitoli.

Por causa do forte calor, a bateria foi reduzida para 20 voltas e Pompermayer chegou à vitória com o tempo de 15m45s997, vantagem de 1s044 para Pitoli e de 3s383 para Nino. A melhor volta da corrida foi de Marcelo Contatto, com 46s540 na 18ª.

Ricardo Travaglia foi o vencedor da categoria Light na sétima etapa do Pé de Chumbo. Ele ficou no 13º lugar na primeira corrida e no 14º na segunda. Na somatória, fechou a rodada com 22 pontos, à frente de William Saura, segundo colocado com 19, e de Mayckon Mota, terceiro com 17.

554.2 INFORMATIVO WHATSAPP

LIDERANÇA

A rodada no San Marino tornou-se divisor de águas no Pé de Chumbo. Ao final dela, cada um dos 23 pilotos do campeonato descartou um resultado da temporada, conforme estabelecido no regulamento. Assim, Douglas Pitoli vai à reta final na liderança com 254 pontos.

A briga, no entanto, promete ser intensa nas três etapas que vêm pela frente. Além de Pitoli, quatro pilotos estão efetivamente envolvidos na disputa pelo título de 2017. São eles: Rafael Contatto, segundo colocado com 249 pontos, Marcelo Marusso, terceiro com 248, Rogério Pompermayer, quarto com 246, e Felipe Santo André [Tite], quinto com 244.

Atrás deste grupo aparecem Nino Rigue, sexto colocado com 222 pontos, Carlinhos Carrion, sétimo com 207, e Marcelo Contatto, oitavo com 206. Eles mantêm chances matemáticas de terminar o ano no topo do pódio, porém teriam de contar com combinação pouco provável de resultados.

Na categoria Light do Pé de Chumbo, há quatro pilotos na luta pelo troféu de campeão: Candido Neto [Garotinho], líder com 112 pontos, William Saura, segundo colocado com 110, Ricardo Travaglia, terceiro com 109, e Carlos Barbosa, quarto com 101.

As três rodadas que fecham o calendário do PDC serão nos dias 21 de outubro, em Araraquara, 11 de novembro, em Paulínia, e 9 de dezembro, em Nova Odessa.

Texto e fotos: Zaramelo Jr.