O JOGO

Primas de Americana são campeãs na elite do Circuito

Giovanna e Júlia fazem a festa do pódio do Barbarense: mais um título

Giovanna e Júlia fazem a festa do pódio do Barbarense: mais um título

Líderes do ranking do Circuito Aberto de Raquetinha, as primas Giovanna Campana Mosna e Júlia Campana Romi, de Americana, foram campeãs na elite da segunda etapa da temporada, realizada entre quinta-feira (27) e domingo (31), nas quadras de saibro e piso rápido do Esporte Clube Barbarense, em Santa Bárbara d´Oeste.

Na final da Feminino A, em jogo de excelente nível, Giovanna e Júlia venceram as campineiras Débora Costa e Juliana Rangel por 9/7 e conquistaram o título. Antes, as primas ganharam nas quartas de final das americanenses Larissa Dollo e Mariana Macris Ramos por 8/3 e nas semifinais por 8/1 de Daniela Sant´Anna Turqueto, de Americana, e Carol Guido, de Campinas. Giovanna é a número 1 do ranking, enquanto Júlia é a número 2.

Na elite masculina, o número 1 do ranking Henrique Mello (Mindu), de Campinas, sagrou-se campeão em parceria com Gabriel Pitta, de Mogi Guaçu. Na decisão, em mais um jogo que empolgou o público, eles derrotaram Henrique Defavari, de Americana, e Gabriel Batagin, de Santa Bárbara d´Oeste,  por 8/5.

Mindu e Pitta chegaram à final sem maiores dificuldades, ganhando na segunda rodada de Eduardo Vianna e Henrique Papa por 8/0, nas quartas de Altamiro Soares e João Soares por 8/2 e nas semifinais de Danilo Sardelli e Guilherme Narducci por 8/4.

A campineira Flávia Borges (Flavinha) e o americanense Pedro Henrique Secco Camargo foram os campeões na elite das duplas mistas com vitória na final sobre Felipe Farias (Gaúcho), de Campinas, e Júlia Campana Romi, de Americana, por 8/3.

Nas rodadas anteriores, Flavinha e Pedro superaram Débora Costa e Fábio Torina por 8/3 nas quartas de final e os irmãos Giovanna Campana Mosna e Luiz Gabriel Campana (Bibi) por 8/4 nas semifinais.

Com cinco títulos, Santa Bárbara d´Oeste teve o maior número de campeões na etapa do Barbarense. Americana, com quatro, Campinas e Capivari, com três, vieram logo atrás. São Paulo levantou duas taças, enquanto Mogi Guaçu e Piracicaba ficaram com uma cada.

DEMAIS

Na categoria A45+ da etapa do Barbarense do Circuito Aberto de Raquetinha, o título ficou para Alexandre Hocevar e Luiz Meza. Na final, os paulistanos ganharam dos americanenses Fred Faé e Rafael D´Agostini por 8/6, em partida bastante interessante e que prendeu a atenção do público.

Nas quartas de final, Hocevar e Meza não tiveram problemas para aplicar 8/0 em Alfredo Adasme e Marcelo Artamende. E nas semifinais, outra vitória tranquila dos campeões: 8/1 sobre Altamiro Soares e Carlos Luz.

Felipe Farias (Gaúcho) e Flávia Borges (Flavinha), de Campinas, foram campeões na categoria B, com vitória por 8/0 na final sobre Cláudio Silva e Leonardo Leite, de Cerquilho. Na categoria C, título para os paulistanos Christian Opatrny e Eduardo Cavalcante, que derrotaram os barbarenses Maciel Benits e Sérgio Surge por 8/4. Na C Consolação, em jogo entre duplas de Americana, Afonso Caram e Rafael Minozzi aplicaram 8/3 em Hugo Santiago e Raphael Souza (Carçudo).

Na categoria D, em final que reuniu barbarenses dos dois lados da quadra, Fernando Siqueira e Henrique Silva venceram Edmilson Santos (Cabeça) e Ricardo Camargo por 8/3. Na D Consolação, melhor para Gustavo Dumit, de Piracicaba, e Rudy Crocomo, de Capivari, com vitória sobre os barbarenses Renato Filho e Waldecir Garcia por 8/5.

Na Feminino B, as campeãs foram Camila Siqueira e Giovanna Pompermayer, de Santa Bárbara d´Oeste, com parcial de 8/6 sobre as americanenses Cris Manso e Daiana Galbiati. Na Feminino C, em jogo de muito equilíbrio, as barbarenses Francielli Amaral e Talita Covolan ganharam por 9/8 de Mariana Jensen e Milena Consulin, de Americana. Na C Consolação, o título foi para Capivari: Carmem Goes e Vanessa Iamamoto bateram as barbarenses Priscilla Andrade e Roberta Castilho por 8/1.

Na Iniciante, Guilherme Vieira e Osmar Forti, de Capivari, venceram os americanenses Gustavo Ozello e Leonardo Melosi por 8/1. Na Consolação, Agenor Godoy e Denis Cenedeze, de Americana, foram campeões superando por 9/8 Alessandro Batistioli (Garga), também de Americana, e Luiggi Roggieri, de Capivari.

Na Mista B, a dupla barbarense Giovanna Pompermayer e Sérgio Surge comemorou o título derrotando os americanenses Daiana Galbiati e Giuliano Gabriel por 8/3. E, por fim, na Mista C, em jogo entre parcerias de Santa Bárbara, Camila Siqueira e Fernando Siqueira venceram Mirella Barbosa e Henrique Silva por 8/3.

Texto: Zaramelo Jr.

Foto: Wado Pellizoni