O JOGO

Por economia, Rio Branco inicia preparação só em janeiro

Teo afirma que não fará loucuras financeiras

Teo afirma que não fará loucuras financeiras

Sem dinheiro em caixa e com dificuldades para fechar as cotas de patrocínio, o presidente do Rio Branco, Marcelo de Barros Féola, o Téo, decidiu adotar política de austeridade financeira e, ao contrário de outras temporadas, a preparação para a Série A2 será iniciada em janeiro. Em anos anteriores, os jogadores começaram a treinar em dezembro.

“Não temos condições e não vamos fazer loucuras. O Rio Branco sempre começou a treinar em dezembro e tinha a primeira folha de pagamento em janeiro. Agora, vamos começar em janeiro, com a folha a partir de fevereiro. Temos que cortar os custos e trabalhar dentro de nossa realidade”, afirmou Téo Féola. “Só vamos mudar essa programação se acontecer algo muito diferente em termos financeiros”, acrescentou.

O presidente do Rio Branco disse que vem trabalhando em várias frentes na busca por patrocinadores, mas que ainda não há definições. “Estamos percorrendo vários caminhos na esperança de que alguns deles deem certo”, salientou. A única certeza em termos de dinheiro é que o clube receberá em torno de R$ 80 mil (já com desconto dos impostos) como cota da Federação Paulista de Futebol (FPF) pela participação na Série A2.

O campeonato será disputado de 1º de fevereiro a 3 de maio. Os 20 times jogam entre si, em turno único, e os quatro primeiros garantem acesso à Série A1 de 2016, enquanto os quatro últimos caem para a Série A3.

Os adversários do Rio Branco serão Atlético Sorocaba, Comercial, Oeste, Paulista, Água Santa, Independente, Matonense, Novorizontino, Mirassol, São Caetano, Guaratinguetá, Guarani, Catanduvense, Batatais, Ferroviária, Monte Azul, Velo Clube, Santo André e União Barbarense.

Texto: Zaramelo Jr.

zaramelojr@jornalojogo.com.br