O JOGO

Planeta Bola

planeta bola

MONSTRO! MONSTRO?!

- O croata Marin Cilic jogou o fino da bolinha amarela no US Open e massacrou o japonês Kei Nishikori na final com contundente 3×0 (triplo 6/3), garantindo o primeiro título de Grand Slam de sua carreira. Será o surgimento de um novo monstro do tênis mundial?

SAQUE BEM ENSINADO…

- O campeão, de passado conturbado (foi punido por nove meses de suspensão ao ser flagrado no exame antidoping), é treinado por Goran Ivanisevic, antiga lenda croata e, aliás, um dos melhores sacadores da história do esporte. O pupilo aprendeu bem, saca forte (menos do que Goran sacava, mas muito melhor colocado), firmando-se como um dos melhores da atualidade.

BOBAGEM, ACERTO, NEYMAR

- Começou em uma bobagem de Dunga, ao escolher o já veterano lateral-direito Maicon para a Seleção, apesar de ser incontestável em campo. Aí, passou para uma bobagem do jogador, que faltou com todos os preceitos profissionais. Aí veio o acerto de Dunga, que mandou Maicon embora e, dizem, não voltará a convocá-lo. De resto, tudo na mesma: bola no Neymar e deixa o talento dele aflorar!

MÉXICO? QUE FASE!!

- Fazendo uso da já famosa marca registrada do ótimo narrador esportivo Milton Leite: “QUE FASE!!” vive Ronaldinho Gaúcho. Depois da Copa do Mundo de 2002, de títulos e mais títulos por onde passou, o craque vai jogar na Liga Mexicana por um time que eu nem consigo pronunciar o nome. É realmente necessário? Por que prolongar a tão vitoriosa carreira? Termina por cima, Gaúcho!

MESTRE NAÇA

- Nacim Elias Romanelli, talentoso assessor de imprensa do glorioso Rio Branco e grande amigo de Richarlyson, pediu para mandar um abraço na coluna da semana. Tá aí Mestre Naça, como prometido, forte abraço! A todos os demais leitores também…

Ótimo final de semana!