O JOGO
  • -->

PD´Chumbo define grid e terá 13 pilotos em cada categoria

Comissão reuniu-se esta semana para definir regulamento da temporada

Comissão reuniu-se esta semana para definir regulamento da temporada

O grid da temporada 2018 da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo foi oficialmente definido, esta semana, em reunião da comissão organizadora. Os 26 pilotos inscritos foram divididos nas categorias Pró e Light, cada uma delas com 13 participantes. Haverá acesso para os dois melhores da Light e descenso para os dois piores da Pró.

“As duas categorias com o mesmo número de pilotos é um sonho antigo e que estamos conseguindo realizar agora em 2018. Estou convicto de que teremos uma grande temporada, com disputa muito técnica tanto na Pró como na Light. Hoje, o Pé de Chumbo tem 26 pilotos de muita qualidade”, disse o piloto Marcelo Marusso, presidente da Associação de Kart Pé de Chumbo e membro da comissão organizadora.

Além de Marusso, também participaram da reunião que definiu os detalhes do campeonato os pilotos Rafael Contatto, Douglas Pitoli, Rogério Pompermayer, Carlinhos Carrion, Patrik Camargo Neves, Felipe Santo André (Tite) e Giovanni Pamfílio. O piloto Nino Rigue, que nesta temporada terá atuação extra-pista, foi outro participante.

Apesar da divisão em duas categorias, o grid do Pé de Chumbo é único. Os 26 pilotos correm juntos as duas baterias de cada etapa, porém, com pontuação para cada uma das duas categorias. Neste ano, por sugestão do piloto e publicitário Alexandre Bassora, os karts devem ter adesivagem diferente um do outro para distinguir quem é da Pró e quem é da Light.

O campeão do Pé de Chumbo é o piloto com maior número de pontos na classificação geral entre os 26 participantes. Pelo regulamento, ao final do campeonato serão premiados os cinco melhores da Pró e os três primeiros da Light.

Descarte

Em termos de regulamento, uma das mudanças feitas pela comissão organizadora da Copa Sópneus Goodyear de Kart refere-se ao descarte de resultado. Foi mantido que cada piloto terá de descartar um resultado após a sétima etapa. Porém, estabeleceu-se que o descarte só poderá ser das rodadas que tenha participado.

“Até o ano passado, o piloto podia descartar o resultado da etapa que, por uma razão ou outra, ele não tinha corrido. Agora, vai ter que descartar uma rodada que pontuou. Isso torna a disputa ainda mais interessante”, explicou Marusso.

No dia 6 de fevereiro, todos os pilotos do Pé de Chumbo participarão de assembleia para que seja feita a homologação do regulamento.

PILOTOS E CATEGORIAS

PRÓ

Theo Pioli Trevisani

Rafael Contatto

Giovanni Pamfílio

Felipe Santo André

Marcelo Marusso

Marcelo Contatto

Kaique Melo

Douglas Pitoli

Rogério Pompermayer

Carlinhos Carrion

Alberth Janjon

Patrik Camargo Neves

Marcel Torina

LIGHT

Alexandre Bassora

Carlos Barbosa

Mayckon Mota

William Saura

Pedro Marusso

Carlos Valladão

Cândido Neto

Netto Meneghel

Oswaldinho Nogueira

André Gonçalves

Ricardo Travaglia

André Moraes

Mauro Torina

A temporada 2018 do Pé de Chumbo tem patrocínio da Sópneus (www.sopneus.com.br), Goodyear (www.goodyear.com.br), Aqualux Hidráulica e Elétrica (www.aqualuxamericana.com.br), Help  Móvel (www.helpmovel.com), Newcoates (www.newcoates.com.br) e Tatu Shopping Frutas (www.facebook.com/TatuShoppingFrutas).

Matéria sobre o Pé de Chumbo foi publicada na edição desta semana do O Jogo

Matéria sobre o PDC foi publicada na edição desta semana do O Jogo

Clique aqui e veja versão digital do O Jogo 705