O JOGO

Nilton Batista conquista o título do Monster Energy

conquistou

Nilton Batista ficou com o título do PBR em Americana

A primeira semana de rodeios da 29ª Festa do Peão de Americana chegou ao fim domingo (7) e com a definição do campeão do Monster Energy PBR, principal torneio de montaria em touros do Brasil: Nilton Batista.
Natural de Guzolândia, interior de São Paulo, o atleta somou 342 pontos nos três dias de disputas na Arena. Demonstrando confiança em suas montarias, Nilton bateu competidores de destaque, como Guilherme Marchi, Otavio Marino e Edimundo Gomes.

Ciente do alto nível do Monster Energy PBR, o campeão da etapa não escondeu a felicidade ao comentar sua conquista. “Montar em Americana é um sonho. Sempre acompanhei a festa pela mídia e desde pequeno eu desejei vencer aqui. Estou muito emocionado”, disse.

Dono de 14 motos e quatro automóveis, todos conquistados em outros rodeios, Nilton contou como fica a cabeça do atleta segundos antes da abertura do portão. “O nosso foco é sempre parar em cima do animal. Isso não é só pela pontuação, mas também pela nossa saúde.”

Os outros oito finalistas foram Marcos Fernando (336.50), Guilherme Marchi (331.50), Wesley Lourenço (247.50), Kaique Pacheco (246.50), Giliard Antonio (245), Elvis Vinicius (241.50) e Otavio Marino (231).

E não foi apenas Nilton que levou um título nesta etapa. O touro Três Namorados, da companhia Euripinho Sollo, somou 44,75 pontos e levou a fivela de Americana para casa.

TRÊS TAMBORES

A amazona Letícia Mamede ficou com o título do torneio de Três Tambores na Festa do Peão de Americana. Natural de Mogi Guaçu, ela somou 51s750, garantindo o bicampeonato em Americana. E também cravou o melhor tempo da noite, domingo (7), completando a prova em 17s293.

Após receber sua segunda fivela seguida e o prêmio de R$ 2,5 mil, a bicampeã falou de seu sentimento ao renovar o título. “Eu estou muito feliz. Já tinha a fivela de 2014 e vim com a cabeça tranquila para fazer um trabalho legal, entrar nas dez finalistas. No fim, consegui vencer e tive meu trabalho recompensado”, afirmou.

Letícia também fez questão de destacar a qualidade da disputa que a competição teve em 2015. “Com certeza, nesta edição estava diferenciado. As meninas se prepararam muito bem e o público viu uma competição em um nível bem legal”.

Texto

Fernanda Brandão | PressFC

Fotos

Adilson Silva | FotoPerigo

fdp logo 2015 site