O JOGO
  • -->

Jardim Guanabara é tetracampeão do Amador

Carlos Eduardo comemora gol do título do Jardim Guanabara (Foto: Jornal O Jogo)

Carlos Eduardo comemora gol do título do Jardim Guanabara
(Foto: Jornal O Jogo)

O Esporte Clube Jardim Guanabara sagrou-se tetracampeão do Campeonato Amador da 1ª Divisão da LAF (Liga Americanense de Futebol) ao derrotar o Unidos da Morada por 1 a 0, na manhã de domingo (14), na final da temporada 2018. O jogo aconteceu no Campo Marcos Augusto Sartore, no Complexo Poliesportivo Milton Fenley Azenha – Centro Cívico -, no Jardim da Colina.

Com bom toque de bola, o Jardim Guanabara envolveu o Unidos da Morada no início do jogo. Na metade do 1º tempo, o time do técnico Everaldo Almeida traduziu a superioridade em gol. O meia Bruno Monteiro arriscou de fora da área, o goleiro Murilo Coruja rebateu e o atacante Carlos Eduardo, livre de marcação, finalizou para as redes.

A partir daí, nos minutos finais da etapa inicial e durante todo o 2º tempo, o Unidos da Morada buscou a igualdade, mas esbarrou na boa marcação do Jardim Guanabara, que pouco permitiu ao adversário e ainda teve chances para ampliar o placar nos contra-ataques.

O resultado premiou o time que foi mais eficiente, tanto em termos defensivos como ofensivos e não deixou dúvidas quanto à legitimidade do título. Durante o campeonato, o Jardim Guanabara disputou 11 jogos, com nove vitórias, um empate e uma derrota, marcando 35 gols e sofrendo 7. A final teve arbitragem de Felipe Teixeira, auxiliado por Juliana Esteves e Percy Rojas.

Logo após a partida, houve a solenidade de premiação para entrega de troféus e medalhas aos campeões, vices e destaques individuais. O artilheiro do campeonato, com 12 gols, foi Bruno Correa, atacante do São Roque. Já o goleiro menos vazado, com 7 gols, foi Pierre Francisco (Bola), do Jardim Guanabara.

Além do presidente da LAF, André Alexandre Silva (Mineiro), também participaram da solenidade de premiação o deputado estadual Chico Sardelli, o ex-jogador Mineiro (revelado pelo Rio Branco e campeão mundial pelo São Paulo) e o secretário de Esportes Osvaldo Klein Neto.

OS CAMPEÕES

Diego Macedo

Ronaldo Lincoln

Adonis Pavani

Alex Roberto Pio

Francisco Bismarque

Fabio Dearo

Evandro de Almeida

Elton Cezaretti

Willian dos Santos

Pierre Francisco

Jhonatan Bispo

Jefferson de Oliveira

Yuri Rogério Gregório

Yego Paes Elias

Yago Padovani Silva

Helder Pinho Glória

Bruno Eduardo Pizano

José Vitor Carlos

Kelvin Willian Santos

Samuel Augusto Rodrigues

Carlos Eduardo da Silva

Bruno de Sá Monteiro

Lucas Correia Matos

Caio Vinicius

Daniel Simões

CAMPANHA

1ª FASE

Guanabara 1×0 Americana

São Vito 0×1 Guanabara

Lázio 1×3 Guanabara

Pernambuco 1×4 Guanabara

Guanabara 3×1 Guerreiros

Guanabara 14×0 Santa Maria

2ª FASE

Guanabara 1×2 Novo Mundo

Guanabara 3×1 Descubra

Guanabara 3×0 Mathiensen

SEMIFINAIS

Cantareira 1×1 Guanabara

FINAL

Guanabara 1×0 Unidos Morada