O JOGO

Jair Henrique é convocado para a seleção brasileira

Jair Henrique

Por Alex Ferreira

Jair Henrique, 24 anos, aluno do curso de Educação Física da Faculdade de Americana (FAM) e atleta de lançamento de dardo pela equipe da Associação Paraolímpica de Campinas/APC, recebeu no último dia 8 uma das mais esperadas notícias da sua trajetória como paratleta: foi convocado para a seleção brasileira que competirá no Open Brasil Loterias Caixa de Atletismo, que compõe o programa do Grand Prix do World Para Athletics, principal circuito chancelado pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC), que acontece nos dias 25,26 e 27 de abril, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

“Venho trabalhando forte desde o ano passado, quando conquistei o recorde das Américas na terceira fase do Campeonato Brasileiro das Loterias Caixas. Acredito que estes resultados positivos tenham colaborado para a minha convocação. Estou muito feliz com essa oportunidade!”, disse Jair.

Na FAM, o aluno é querido por todos. Para Evandro Murer, coordenador do curso de Educação Física, se depender da torcida, Jair estará nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020. “Acreditamos que o Jair tem um grande potencial, pois o mesmo demonstra seu envolvimento no curso de Educação Física aqui na FAM e temos a certeza que o Jair irá representar o Brasil nas”, afirmou.

Com 1m28 de altura, Jair é portador de nanismo e compete na categoria F40/F41. Descobriu o esporte em 2009, em Araçatuba, através de um tio cadeirante, que também foi lançador. A treinadora da equipe na época fez o convite para conhecer o lançamento de dardo. Em 2011, chegou a profissionalização em Campo Grande-MS. Já em 2015, de mudança com a família, chegou em Americana e entrou para a equipe local, que defendeu durante dois anos.

Em 2018, Jair foi convidado para defender a APC/Campinas. “A APC me abriu as portas com uma grande estrutura para eu buscar resultados melhores na minha carreira e tem dado certo. Consegui ganhar 10 metros no lançamento neste período de treinos”, disse. Ainda no ano passado, os números de Jair na categoria F40 levaram o paratleta a ser o segundo melhor lançador de dardos do mundo pelo IPC.

Mesmo com os bons resultados, Jair busca patrocínio para continuar alcançando marcas ainda mais surpreendentes. “Agradeço a FAM e a APC pelo apoio, porém, para continuar nos treinos e competições estou em busca de outros parceiros que possam patrocinar e me ajudar a continuar no esporte”, afirmou.