O JOGO

Iate Open de Raquetinha aponta campeões da 5ª edição

Waguinho Riccetto conquistou o título do Iate Open pela terceira vez (Foto: Wado Pellizoni)

Waguinho Riccetto conquistou o título do Iate Open pela terceira vez
(Foto: Wado Pellizoni)

Com a participação de 82 duplas de Americana e região e movimentação intensa entre quarta-feira (19) e domingo (23), a quinta edição do Iate Clube de Raquetinha apontou os campeões. Os organizadores Paulinho Campos, Felipe Jensen e Gabriel Campana (Bibi), da PFG Eventos, fizeram avaliação positiva do torneio disputado nas duas quadras de saibro do Iate de Americana.

Na ProAm, principal categoria do Iate Open, o título ficou para Michael Douglas Denegri (Bisteca) e Pedro Romi, que ganharam de Lucas Cunha (Little) e Lucas Di Pino por desistência. O jogo estava empatado em 5/5 quando Little sofreu entorse de tornozelo e não conseguiu permanecer em quadra.

Na categoria B, a partida final não aconteceu em razão do mal-estar de Pedro Camargo, que jogava em parceria com João Marcos. Desta forma, os campeões foram Júlia Campana Romi e Samuel de Souza (Tchê Tchê).

Na C, Wagner Zanettini Ricceto (Waguinho) e Robson Ferro (Robão) conquistaram o título com vitória sobre Henrique Papa e Ricardo Sayão por 8/6. Waguinho tornou-se tricampeão, enquanto Robão ganhou pela segunda vez a categoria. Clayton Dias e Rodrigo Rossetto foram os melhores da D e na final derrotaram Diego Guidolin e Marcos Leão por 8/4.

Na Feminino C, Cristina Pisoni e Marina Godoy foram campeãs superando Fabiane Bellan e Madalena Izzo por 8/3. Na Feminino D, melhor para Mariana Jensen e Milena Consulin, que ganharam de Adriana Batagin e Roberta Castilho por 8/3.

Com vitória por 8/1 sobre Giovanni Giacomin e Pedro Riccetto, Bruno Ginetti e Caio Pinotti faturaram a Iniciante A, enquanto o título da Iniciante B ficou para Adhmar Benetton e Lucca Benetton, que venceram Guga Nardini e Guilherme Lahr por 8/3.

Na Mista B, a festa foi de Cristina Pisoni e Matheus Bueno, com vitória sobre Daisy Roman e Maciel Benits por 8/4. Na Mista C, título para Marina Godoy e Carlos Quirino, que derrotaram Priscila Venturelli e Cláudio Venturelli por 8/5. E, por fim, na Consolação da Mista C, Jussara Oliveira e Roberto Oliveira ganharam de Agenor Godoy e Mayara Quirino por 8/2.

+ detalhes na edição 766 do O JOGO, que circula nesta semana.