O JOGO

Ginástica da São Lucas é destaque em Indaiatuba

Ginastas e a assistente Pingo: resultados positivos na Liga

Ginastas e a assistente Pingo: resultados positivos na Liga

A ginástica artística da São Lucas Saúde se destacou na segunda etapa da Liga Intermunicipal, sábado (14), em Indaiatuba. As meninas conquistaram 13 medalhas individuais (quatro de ouro, duas de prata e sete de bronze) e uma por equipe (bronze). “Todas elas competiram muito bem. Tiveram alguns errinhos, mas dentro do esperado”, disse ao O Jogo a assistente técnica Marinilse Scanavacki, a Pingo.

Na categoria Infantil A, para ginastas na faixa etária de 10 a 12 anos, Luísa Helena da Silva foi ouro no salto, paralela e individual geral, além de prata no solo e bronze na trave. Lara Bianca Cia conquistou ouro no solo, prata na trava e bronze no individual geral.

Na Pré-Infantil B, para atletas de 8 e 9 anos, a São Lucas ficou com a medalha de bronze por equipes com as ginastas Júlia Dias, Marina Chitti, Stella de Andrade e Pollyana Charântola. Nos aparelhos, Júlia ganhou quatro de bronze (solo, salto, trave e individual geral) e Marina também foi bronze no solo.

Assim como todas as modalidades do esporte amador de Americana, a ginástica artística também foi afetada pela crise financeira da prefeitura. O técnico cubano Lazaro Lamelas transferiu-se para Indaiatuba, mas não desligou-se totalmente da equipe local. Três vezes por semana ele vem à cidade para orientar treinamentos. Algumas meninas ficaram desanimadas e pararam de competir.

A preparação agora está voltada para os Jogos Regionais de Itatiba. A ginástica olímpica compete nos dias 8 e 9 de julho e terá como adversárias na categoria Sub-14 as equipes de Campinas e Indaiatuba.

Confira também matéria na edição impressa do O Jogo desta sexta-feira (20).

Texto: Zaramelo Jr. | Zara

Foto: Divulgação