O JOGO

Flamengo tenta permanecer na elite do futebol de mesa

Gil Hackmann é o técnico do futebol de mesa do Flamengo

Gil Hackmann é o técnico do futebol de mesa do Flamengo

A uma rodada do final da fase de classificação da 1ª divisão do Campeonato Paulista de Futebol de Mesa, o Flamengo segue na luta para permanecer entre os times da elite. Para atingir a meta, o clube de Americana precisa ao menos empatar com o Noroeste, em confronto agendado para o dia 31 de agosto, em Bauru. As duas equipes dividem o sexto lugar, mas os americanenses levam vantagem nos critérios de desempate.

Na penúltima rodada, domingo (3), na sala de jogos do Cacique do Machadinho, em Americana, o Flamengo derrotou o Clube do Botão de Campinas por 49 a 23, decretando o rebaixamento do adversário à 2ª divisão. “Foi uma atuação maiúscula dos nossos botonistas. Fizemos jogo muito consistente”, avaliou o técnico Gil Hackmann.

Jogaram e pontuaram pelo Flamengo os botonistas Fernando Hackmann (10 em 12), Ismael Silva (9/12), Márcio Stipp (8/12), Celso de Assis (8/12), Robson Candiani (7/12), Vinicius Caiçara (5/8) e Zé Mário (2/4). A partir de agora, a concentração é total para o duelo contra o Noroeste, reeditando a final da Copa Estado de 2013.

Zaramelo Jr.

O Jogo | 7 de agosto de 2014 | 12h36