O JOGO
  • -->

Fisioterapia preventiva para corredores de rua

TESTEIRA_CHECK-IN ESPORTIVO

A fisioterapia esportiva é uma área que os corredores, sejam eles amadores ou profissionais, são submetidos constantemente a recursos para acelerar a recuperação após algum trauma ou lesão. Mas o que poucos sabem é que ela também pode ser usada para ajudar a evitar esses problemas e melhorar o condicionamento físico do atleta. Área esta chamada de “fisioterapia preventiva”. Para o maratonista Renan Alcântara, além da postura e do relaxamento muscular, o principal ganho dos corredores com a fisioterapia preventiva é “aquele gás” para continuar os treinamentos. ¨Várias vezes cheguei na fisioterapia fadigado e saí da sessão pronto para o próximo treino”, afirmou Renan.

Para entender melhor como funciona a fisioterapia preventiva, conversamos com o fisioterapeuta esportivo Rodolfo Pinheiro.

1 – Quais os benefícios da fisioterapia preventiva? 

“Especificamente é prevenir lesões por esforços repetitivos, sobrecarga de treinamentos e, na fase inicial das corridas, proporcionando ao atleta a melhora de sua performance.”

2 – Para quem é indicada? 

“A fisioterapia preventiva é indicada para todo tipo de atleta, desde o iniciante até o de mais alto nível, de atletas de final de semana aos que treinam diariamente.”

renan alcantara em uberlandia julho 20163 – O que mais é trabalhado no corredor que recebe a fisioterapia preventiva?

“Para o atleta corredor é importante serem trabalhadas a musculatura do core e a musculatura específica. A musculatura do core engloba a musculatura abdominal, lombar e os músculos do quadril e assoalho pélvico. Os músculos do core são a base estabilizadora, em principal da coluna lombar, que é o centro gerador de força. Com o core fraco, as dores na região lombar são inevitáveis e com o centro gerador de força estando fraco há aumento na exigência na musculatura distal, no caso específico dos corredores a musculatura dos membros inferiores serão mais exigidas, assim aumentando muito o risco de lesões. Já a musculatura específica no caso dos corredores são os membros inferiores. É ela que conduz o atleta até seu objetivo, seja o pódio para os profissionais ou para os amadores suas metas particulares. Essa musculatura precisa estar em perfeito equilíbrio de força e flexibilidade, assim trabalhando em harmonia, prevenindo as rupturas, tendinites, distensões, principalmente as lesões de cartilagens, como os meniscos e ligamentos que requerem tantos cuidados.”

4 – Quais os recursos utilizados pela fisioterapia preventiva?

”Na fisioterapia preventiva, o corredor faz exercícios específicos de corrida,  musculação, pilates, liberação miofascial, acupuntura, massagens relaxantes, alongamentos e utiliza aparelhos que aceleram o processo de recuperação neuromuscular dos treinos/competições, além de já combater algumas lesões em processo inicial, evitando que estas se agravem com o tempo.”

O fisioterapeuta ressaltou à coluna que além dos recursos da fisioterapia preventiva, o repouso e o acompanhamento multidisciplinar de um educador físico, de médicos cardiologistas/ortopedistas e nutricionista são primordiais para  o excelente rendimento do corredor.

ROGÉRIO PECCHIO é treinador de corrida e natação.