O JOGO

Fávero e Pinhatti vão ao Mundial de Ironman no Havaí

Americana terá dois triatletas no Mundial de Ironman em outubro do ano que vem, em Kona, no Havaí: Marco Fávero e Márcio Pinhatti. Eles conquistaram a vaga na disputa do Ironman Brasil Fortaleza, domingo (9), na capital do Ceará, com largada e chegada no Marina Park Hotel. O desafio foi de 3,8 km de natação, 180,2 km de ciclismo e 42,2 km de corrida.

Marco Fávero, de 36 anos, venceu a prova na categoria 35/39 anos, enquanto Márcio Pinhatti foi o quarto colocado na 40/44 anos. “É a realização de um sonho. Fantástico”, afirmou Favero, que havia conquistado vaga para o Mundial no ano passado, mas acabou punido e não foi ao Havaí.

“Fui a Fortaleza sem saber o que poderia acontecer, pois fraturei o pé em setembro e fiquei sem treinar a parte de corrida, mas consegui a classificação”, disse Pinhatti, que pela segunda vez consecutiva estará em Kona.

Fávero venceu sua categoria em Fortaleza

Fávero venceu sua categoria em Fortaleza

Para ganhar em sua categoria, Marco Fávero fez o tempo de 9h45m04s em Fortaleza. Sua maior dificuldade, segundo ele próprio, foi na natação. O americanense chegou a pensar em desistir. “A gente tinha que fechar à esquerda no mar, só que o vento jogou quase todo mundo à direita. Com isso, acabei errando a navegação e pensei em abandonar, mas vi que outros estavam na mesma condição e continuei”, contou.

Com três meses de preparação específica para o Ironman Brasil, Fávero revelou que em nenhum momento da prova imaginou que estivesse à frente de sua categoria. “Sinceramente, julgava que estava entre os 15 primeiros, mas não tinha noção exata sobre a posição. Só fiquei sabendo que venci depois de cruzar a linha de chegada”, relatou.

Favero admitiu ainda que, apesar da vitória, o desempenho na capital cearense não foi um dos melhores de sua carreira. “Nado bem e acabei nadando mal, tive problemas estomacais e cheguei a andar durante a corrida, mas mesmo assim ganhei a prova. É a realização de um sonho”, afirmou o triatleta.

“Tenho uma vida de atleta, mas não sou atleta. Tenho obrigações e preciso do trabalho para fazer o esporte. Agora é curtir um pouco o resultado e a classificação para o Mundial”, acrescentou Favero, que no final do mês disputará uma prova em Florianópolis para fechar a temporada.

Pinhatti ficou em 4º lugar e conquistou vaga

Pinhatti ficou em 4º lugar e conquistou vaga

Com o tempo de 10h20m31s, Márcio Pinhatti completou o Ironman Brasil na quarta colocação de sua categoria, garantindo vaga para o Mundial pelo segundo ano consecutivo. Por ter sofrido fratura por estresse no pé em setembro, o americanense encontrou mais dificuldades na disputa da corrida.

“Fiquei dois meses sem treinar e fui para Fortaleza sem saber ao certo o que poderia acontecer. Felizmente, mesmo com todo sofrimento que foi na corrida, consegui terminar bem e conquistar a classificação para ir ao Mundial”, comentou.

Pinhatti disse que durante a corrida foi avisado por amigos que acompanhavam a prova que estava entre os primeiros colocados. “É muita gente competindo, não tem como você saber exatamente em qual posição está. Na corrida, me falaram que eu estava em terceiro ou quarto”, salientou o triatleta, que não tem planos de disputar mais nenhuma prova na atual temporada. Ele retomará os treinamentos em janeiro.

Fotos: MundoTRI.com.br