O JOGO

Evento marca comemoração de 20 anos do Camisa 10

Os diretores e fundadores Juninho Batistela, Odair Batistela e Márcio Lourenço

Os diretores e fundadores Juninho Batistela, Odair Batistela e Márcio Lourenço

Um evento no sábado (1), das 9 horas ao meio-dia, em sua sede, na região central de Americana, marca a comemoração de 20 anos de fundação da Sociedade Esportiva Camisa 10, que surgiu como escolinha de futebol e transformou-se num dos clubes mais vitoriosos em campeonatos de categorias de base. A festa reunirá alunos e jogadores da atualidade e do passado, além de diretores e pais.

A ideia de fundar o Camisa surgiu através dos amigos Juninho Batistela e Márcio Lourenço. E o nome foi sugestão de Odair Batistela, pai de Juninho. E a história começou exatamente em 2 de junho de 1999…

Hoje, aproximadamente 400 crianças e adolescentes, entre 5 e 15 anos, participam das atividades das escolinhas e times de competição (do sub-9 ao sub-14) nas unidades do Camisa 10 em Americana e Santa Bárbara d´oeste (inaugurada em março do ano passado). As categorias sub-11 e sub-13, por sinal, disputam o Campeonato Paulista representando o Rio Claro.

As aulas para mensalistas e bolsistas são realizadas na sede da escolinha, no Jardim Santa Mônica, e nos campos dos bairros Santa Maria e Parque Gramado, em Americana, além do campo no bairro Dona Regina, em Santa Bárbara.

Ao longo destas duas décadas, o Camisa 10 revelou vários jogadores que tornaram-se profissionais. Entre eles, os principais destaques são os meio-campistas Leandrinho Cordeiro e Rafael Gava.

Leandrinho foi campeão do Campeonato Paulista e da Taça Libertadores pelo Santos e atualmente está no Rio Ave de Portugal. Gava fez fama no Rio Grande do Sul e está no Caxias, tendo sido eleito o melhor jogador do Campeonato Gaúcho deste ano.

Leandrinho e Gava, quando adolescentes, formaram a dupla de ataque do time 1993/94 do Camisa 10, considerado por Juninho Batistela o melhor de toda história do clube. “Essa geração conquistou nosso primeiro título municipal e foi campeã de um Sul-Americano, derrotando na final o Inter de Porto Alegre, que tinha como técnico o Fábio Jardine, que esteve até pouco tempo no São Paulo e hoje está na seleção brasileira”, salientou Juninho, que também citou as vitoriosas gerações de 1998 e 2004.

A festa deste sábado, além de celebrar o trabalho, servirá também para rever amigos, contar história e projetar o futuro…

O time da geração 93/94 conquistou inúmeros títulos para o Camisa 10

O time da geração 93/94 conquistou inúmeros títulos para o Camisa 10