O JOGO

Com dívida de R$ 1,5 mi, Americana não vai aos Regionais

O tênis de mesa de Americana não está sob punição da SELJ

O tênis de mesa de Americana não está sob punição da SELJ

O vice-prefeito e secretário de Esportes Roger Willians revelou ao O Jogo que a dívida atual de sua Secretaria é de R$ 1,578 milhão. Para amenizar os cofres públicos, RW decidiu que Americana não vai disputar os Jogos Regionais, que tem custo estimado em R$ 120 mil. A edição deste ano, em julho, deve ser São José do Rio Pardo.

Roger, no entanto, disse que fará a inscrição das modalidades que queiram competir por conta própria. “Quem tiver condição (financeira) e quiser ir aos Jogos, faremos a inscrição sem problema algum. O que está descartado é a prefeitura montar estrutura física e de logística. Quem for, vai por conta própria”, afirmou.

Como Americana desistiu dos Jogos Abertos do ano passado, as equipes que estavam classificadas não poderão ir aos Regionais de 2015, conforme Daniel Gaudencio Adriano, diretor de Esportes da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude (SELJ) do Estado, informou ao O Jogo.

De acordo com Abimael Valadares, supervisor da Secretaria de Esportes de Americana, as equipes locais que estão suspensas dos Regionais e, automaticamente, dos Abertos, são: basquete feminino, biribol masculino, ciclismo masculino e feminino, futebol masculino, futsal feminino, ginástica artística masculina e feminina, ginástica ritmica feminina, malha masculina, tênis masculino e feminino e tênis de mesa feminino.

Roger Willians também descartou a possibilidade da Secretaria de Esportes continuar pagando valores mensais às modalidades, num total de 10 parcelas entre fevereiro e novembro. “Isso é surreal, totalmente fora de cogitação. Já estamos voltando com a lei de incentivo para que as equipes possam buscar recursos junto à iniciativa privada”, finalizou o secretário.

Zaramelo Jr.

O Jogo | 2015, 25 de janeiro.