O JOGO

Chuvas cancelam rodada do Pé de Chumbo em NO

Mau tempo provocou o cancelamento da etapa em Nova Odessa

Mau tempo provocou o cancelamento da etapa em Nova Odessa

PDC_seloA quarta etapa da temporada 2018 da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo, que deveria acontecer em Nova Odessa, no último dia 19, foi cancelada em razão das fortes chuvas que caíram na região no período da manhã. Mesmo com a possibilidade da troca de pneus para slick (específicos para piso molhado) e a instalação de filtros especiais de proteção para motor, os pilotos optaram pelo cancelamento.

“Choveu demais e não havia condição alguma de fazer as corridas. Não podíamos colocar em risco a integridade física dos pilotos, nem o equipamento. Reunimos todos os pilotos e a decisão por cancelar foi unânime”, disse Marcelo Marusso, presidente da Associação de Kart Pé de Chumbo, entidade responsável pela organização do campeonato.

“Tecnicamente falando, os motores são novos, com apenas três etapas, e, mesmo com a colocação de filtros, poderia haver algum dano pela quantidade de água na pista. Ficou totalmente inviável”, explicou Rodrigo Bedore, chefe da RB3 Preparação, que cuida do equipamento do Pé de Chumbo.

“Eu gosto de correr na chuva, mas entendo que a decisão foi a mais racional possível. Como o traçado de Nova Odessa é difícil para ultrapassagens e havia muita água, poderia danificar os motores e até os pilotos se machucarem”, avaliou Felipe Santo André (Tite), que é o líder da Copa Sópneus Goodyear.

ALTERNATIVAS

De acordo com Marcelo Marusso, haverá assembleia dos pilotos no dia 20 de junho e, entre os assuntos em pauta, será discutido o que fazer após o cancelamento desta etapa em Nova Odessa. “Tudo no Pé de Chumbo tem a participação de todos os pilotos. De maneira democrática, a  vontade da maioria prevalece”, salientou.

De acordo com o presidente, serão apresentadas duas alternativas para apreciação e votação. A primeira é que a quarta etapa tenha uma bateria na quinta rodada, programada para o dia 29 de junho, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte-MG; seria no período matinal, com 25 voltas (o normal são 20) e pontuação valendo em dobro. A segunda é que a etapa cancelada seja considerada como inexistente, e desta maneira, o calendário passe de 10 para 9.

Fotos: Felipe Fosalusa

Reunião entre pilotos definiu o cancelamento da rodada do PDC

Reunião entre pilotos definiu o cancelamento da rodada do PDC