O JOGO

Bicampeão, basquete desfila pelas ruas de Americana

Americana conquistou o bicampeonato no Chile (Foto: Divulgação)

Americana conquistou o bicampeonato no Chile (Foto: Divulgação)

O basquete feminino de Americana sagrou-se bicampeão do Sul-Americano de Clubes, que teve a edição 2015 disputada no Chile. Na final, domingo (27), o time agora gerido pela Clarian Esportes Olímpicos derrotou o UTE do Equador por 70 a 60 e repetiu o feito de 2012.

Com 30 pontos, a pivô Damaris foi a cestinha do jogo realizado no Ginásio Irene Velásquez, em Puente Alto, região metropolitana de Santiago. De quebra, foi eleita a melhor jogadora da competição.

Presidente do Grupo Clarian, Ricardo Molina Dias dedicou o título ao presidente da Unimed, o médico Émerson Assis. “Viemos aqui e conquistamos esse campeonato duríssimo graças à ADCF Unimed e ao doutor Émerson, responsáveis pela classificação que nos proporcionou a oportunidade de virmos ao Chile”, disse Molina, referindo-se ao fato de que, na fase classificatória da competição sul-americana, a equipe participou ainda sob gestão da ADCF Unimed.

“A conquista de agora coroa o início de parceria entre Corinthians e Americana, que já nasce vitoriosa, e que trará outras alegrias para nosso torcedor”, acrescentou o executivo responsável pela gestão do basquete feminino adulto local.

Nesta terça-feira (29), jogadoras e comissão técnica desfilam pelas principais ruas e avenidas de Americana. A saída está marcada para as 15 horas, do complexo do Centro Cívico, rumando até a prefeitura, onde o troféu do Sul-Americano será apresentado ao prefeito Omar Najar.

Zaramelo Jr. > O JOGO > 2015, 28 setembro