O JOGO

ATC reúne 16 duplas no Open Feminino de Raquetinha

Open Feminino ATC

A ATC (Americana Tennis Center) envolveu 16 duplas na disputa do 4º Open Feminino de Raquetinha, que aconteceu sábado, das 8 às 21 horas, no complexo de saibro da academia. Participaram jogadoras de Americana, Campinas, Santa Bárbara d´Oeste e Nova Odessa.

“Foi bem legal. Tivemos jogos de bom nível, as meninas gostaram bastante e a confraternização foi o ponto alto. No geral, superou todas as expectativas”, avaliou Rafael Oliveira (Linguiça), que dividiu a organização com Michael Denegris (Bisteca) e Ana Luisa D´Agostini.

Na categoria A, as campeãs foram Júlia Campana Romi e Mariella Scuro, com vitória na final sobre Júlia Pecchio e Simone Lopes por 8/2. Na categoria B, o título ficou para Roberta Massignan e Giovana Califórnia, que na decisão derrotaram Mariane Marconi e Betânia Santarosa também por 8/2. As finalistas foram premiadas com troféus.

CIRCUITO

A penúltima etapa da temporada 2019 do Circuito Aberto de Raquetinha começou ontem e vai até domingo nas quadras de saibro do clube Cristovão Colombo, em Piracicaba.

Segundo informações do gestor de plataforma esportiva Joel Olla Junior, estão inscritas 149 duplas de várias cidades do Estado, como Americana, Piracicaba, Ribeirão Preto, Limeira, Sumaré, Nova Odessa, Tietê, Capivari, Cerquilho, Santa Bárbara d´Oeste, Tatuí, Campinas, Jundiaí, Vinhedo e Valinhos, entre outras.

Os principais nomes que estarão em quadra, de acordo com Joel, são Adriano Ferreira, de Ribeirão Preto, que foi tenista profissional e jogará com Michael Denegri (Bisteca), de Americana, os irmãos americanenses Júlia e Tiago Campana e o barbarense Gabriel Batagin.