O JOGO
  • -->

Alimentação durante o inverno

TESTEIRA_CHECK-IN ESPORTIVO

É fato que nessa estação, quanto mais fria estiver a temperatura, mais fome você passa. Seu metabolismo acelera, seu gasto energético aumenta para se manter aquecido, para deixar a temperatura do corpo estável, em consequência comemos mais para repor essas energias gastas.

A nutricionista esportiva Mariana Botasso Seleghini alerta para isso dizendo que “no inverno as pessoas sentem mais vontade de comer alimentos mais calóricos e gordurosos para aquecer o corpo. Por isso, essa época do ano requer uma atenção especial para não ingerir calorias em excesso e acabar ganhando peso. Outra atenção que devemos ter é manter nossa imunidade alta para combater gripes e resfriados.”

alimentação inverno by pecchioPara atletas amadores ou profissionais, acordar cedo e encarar baixas temperaturas nos treinos são fundamentais para manter o foco e seus objetivos individuais. Mariana salientou que “o consumo de legumes e verduras é importante nesse período, pois contêm fibras que ajudam a dar saciedade, além de vitaminas, minerais e água que ajudam no bom funcionamento no organismo. Nesse período, prefira prepará-los refogados, assados ou através de sopa. Mas atenção especial com as sopas, pois elas pode ser grandes aliadas ou inimigas. Evite as variações do tipo creme (de queijo, de cebola),e acompanhamentos como parmesão, bacon e pãozinho. Prefira as sopas de legumes ou caldos, lembrando sempre de colocar uma proteína, que pode ser carne vermelha magra ou frango, pois ela ajuda a dar saciedade.”

Suamos menos e consequentemente bebemos menos água, mas a ingestão dos líquidos no inverno também é necessária para manter a pele hidratada e auxiliar o organismo em todas suas funções. Mariana acrescentou que “uma dica para conseguir ingerir bastante liquido no inverno é beber chás (erva cidreira, camomila, hortelã, erva doce, gengibre com limão). São ótimas opções para aquecer o corpo e se hidratar. O chocolate quente é uma bebida adorada por muitos no inverno. Prefira fazer com cacau em pó, farinha de aveia e leite vegetal e para adoçar usar Xilitol ou mel, assim ele ficará bem menos calórico.”

Seguindo todas essas dicas e também é claro a consulta de um profissional da nutrição, pois existem particularidades que só através das suas consultas você irá saber qual o melhor caminho, além de ter um acompanhamento para suas particularidades e consequentemente atingir seus objetivos, aliado sempre às suas atividades físicas. Finalizando, a nutricionista Mariana Seleghini enfatizou que “seguindo uma alimentação regrada e fazendo os exercícios regularmente, você pode chegar no final no inverno com saúde.”

Saúde! Isso é o mais importante, fazer dietas adequadas, com orientações adequadas, de profissionais da área.

Bons treinos e com responsabilidade para atingir todos seus objetivos esperados.

ROGÉRIO PECCHIO

Treinador de corrida e natação

Vinheta Pecchio Run